Thursday, February 22, 2018

Como funciona o Renavam? Pra que serve esses 11 dígitos?

Muita gente tem deixado seus carros de lado e dado preferência à outros meios de transporte como bicicletas, metrôs, ônibus ou até mesmo Uber. Isso porque incluindo todos os gastos que um carro exige hoje no Brasil - multas, gasolina, IPVA, garagem, estacionamento, Licenciamento, seguro obrigatório DPVAT, revisão e manutenção, os gastos com as outras maneiras de locomoção são muito menores.
Mas se você pertence ao grupo de pessoas que gosta do conforto e não abre mão de ter seu próprio carro, é preciso ficar atento à tudo isso. Você consegue acompanhar todas as informações do seu automóvel através do código Renavam. Cada veículo tem o seu próprio, que é um número único e intransferível de 11 dígitos. E esse código é válido em todo território. Então, por exemplo, se pegar o renavam sc ele pode ser consultado em qualquer estado e vai ser o único dentro do país.

O código Renavam é como se fosse o RG de cada pessoa, trazendo todo seu histórico e dados. Ele carrega todas as informações do veículo, como características originais, desde o momento que saiu de fábrica, até o momento atual. Ele irá registrar todas as infrações cometidas, até aquelas que já foram quitadas.
O Renavam informa mudanças feitas, batidas e tudo pelo o que o veículo já passou. Sendo crucial consultá-lo principalmente na hora de negociar um veículo usado. Ele irá registrar quantos donos o veículo já teve e através das informações contidas você pode avaliar quanto realmente o veículo vale através da tabela FIPE.

O código Renavam é encontrado no canto superior esquerdo do CRLV, ou Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo, e pode ser consultado gratuitamente no site do Detran. Cada estado tem seu próprio procedimento para consulta, em como o Detran de Santa Catarina. Além do Renavam, é preciso também a placa do automóvel.

No comments:

Post a Comment